TRANSLATOR

terça-feira, 17 de abril de 2012

PIFERCUSSÃO E ALGUNS PROJETOS E AÇÕES RELACIONADOS À EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA CIDADE DE JOÃO PESSOA – PB

PROJETOS E AÇÕES RELACIONADOS À EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA CIDADE DE JOÃO PESSOA – PB


RESUMO





A implantação e o desenvolvimento de projetos ambientais é uma das estratégias utilizadas pelas empresas particulares para promover-se e, desta forma, mostrar que realizam ações em prol da preservação do meio ambiente, do desenvolvimento sustentável. As instituições públicas também realizam estas ações, criam projetos socioambientais e disseminam a Educação Ambiental entre a população, focando as áreas da educação, cidadania e saúde do Meio Ambiente. Como meio de conhecer estas ações e projetos, o presente trabalho tem por objetivo mostrar alguns dos projetos e ações de Educação Ambiental (EA) envolvendo as instituições privadas e públicas existentes na cidade de João Pessoa, Paraíba. A metodologia baseou-se em um levantamento bibliográfico, através da internet, e de informações cedidas por membros de alguns projetos. O levantamento bibliográfico utiliza informações e dados de publicações (livros, teses e artigos) e de trabalhos presentes na internet, publicados por outros autores (RODRIGUES, 2007). Na capital paraibana, existem diversos projetos envolvendo a questão ambiental, entre eles: Cinturão Verde: incentiva a agricultura familiar de João Pessoa, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Sustentável da Produção (Prefeitura Municipal de João Pessoa); também da Prefeitura, tem-se o Projeto Pedala João Pessoa, o qual visa uma solução tecnológica sustentável de deslocamento das pessoas dentro da cidade, melhorando a mobilidade e redução da emissão de poluentes Pifercussão: atua na inclusão social, cidadania e fomento cultural utilizando a manifestação de "Bandas de Pífano" como meio de valorização da cultura popular e pessoal. Os pífanos utilizados são feitos de canos de plásticos e metal, sendo, portanto, reutilizados e enquadrando-se nos 3Rs; Com Ciência: elaborado por discentes do Curso de Ciências Biológicas (UEPB/Campus V), realiza pesquisas e extensão, promovendo aulas, palestras, oficinas sobre Educação Ambiental e meio ambiente, para crianças e jovens da Associação Recreativa, Cultural e Artística, no bairro Ilha do Bispo; Associação Guajiru: tem como objetivo a pesquisa, preservação e Educação Ambiental. Desenvolvendo vários projetos, dentre eles o Projeto Tartarugas Urbanas (PTU), Escolinha do Surfista, Biblioteca Comunitária; ENERGISA: empresa de distribuição de energia responsável por projetos de proteção ao meio ambiente e apresentando um Comitê de Meio Ambiente, que é responsável pela política ambiental da empresa, e a Carta Ambiental, na qual são listadas todas as ações que desenvolve, entre elas, a coleta seletiva de lixo e o descarte de lâmpadas, pilhas e baterias; Banco Real: Programa Real de Reciclagem de Pilhas e Baterias, Papa-Pilhas, que visa o recolhimento de pilhas e baterias portáteis usadas e se encarrega de sua reciclagem; Cagepa, responsável pelo abastecimento de água e coleta de esgotos da Paraíba, apresenta os seguintes projetos: Cagepa na Escola, Projeto Alvorada, Ciranda de serviços e Atuação comunitária; Acordo Verde: realiza a coleta seletiva dos resíduos residenciais e tem por objetivo a redução da quantidade dos lixos depositados no Aterro Sanitário Metropolitano. Após a caracterização, nota-se que na capital paraibana, os projetos e ações ambientais estão cada vez mais tendo espaço nas instituições públicas e privadas. Desta forma, a Educação Ambiental será mais disseminada, seja pelas pessoas ou pelas instituições públicas e privadas.





Autores: Deinne Airles da Silva, Ana Raquel Bezerra, Emanoela Moura Toscano, Vancarder Brito Sousa.





Apresentação:

1ª Mostra Científica do Campus V/UEPB.





Postado por Deinne Airles Ecologia e o mundo às Sexta-feira, Setembro 10, 2010

Um comentário:

digite sua mensagem aqui!